Malala: lucidez, valorização do bem comum e protagonismo jovem

“Uma criança, um professor, um livro e uma caneta; podem mudar o mundo” (Malala Yousafzai). Desde os 11 anos de idade, a paquistanesa Malala Yousafzai, atualmente com 20 anos, já era reconhecida pelos seus esforços em defender a educação em seu país. Em outubro de 2012, a menina foi baleada na cabeça quando seguia para a escola. O grupo extremista talibã quis matá-la devido à sua campanha pela educação das meninas no Paquistão.
O ataque chamou a atenção de todo o mundo para a campanha de Malala a favor de mais oportunidades de estudo para as mulheres e, em 2014, a menina ganha o Prêmio Nobel da Paz.
Há, na história da humanidade, muitos outros exemplos de crianças que, como a Malala, fizeram – e ainda fazem – a diferença no mundo. Consciências que já trazem consigo, a vontade íntima de contribuir para o bem comum. Assim como a jovem Malala nós, do Antes da Saideira, também pensamos que a educação e o conhecimento podem trazer repercussões inimagináveis para a nossa evolução pessoal e grupal. Nesse dia 12 de outubro, desejamos alegria, muitas brincadeiras e conhecimento ilimitado para todas as nossas crianças! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *